» Dicas para um cardápio atrativo


Dicas para um cardápio atrativo

Um bom cardápio é essencial para os estabelecimentos com foco em alimentação. Como está o seu? Confira algumas dicas que separamos sobre o assunto.


O cardápio, item básico e indispensável no ramo de alimentos, pode – e deve – ser criativo e atrativo. Afinal de contas, ele é praticamente a porta de entrada para os pedidos dos clientes e será através dele que você apresentará também a cultura do seu restaurante.

Confira algumas dicas que podem te ajudar: 

1 – O cardápio é o seu guia 

A recomendação aqui é para que o seu menu seja pensado antes mesmo da construção física da cozinha. Isso porque ele constará todas as opções que os clientes podem solicitar para consumo, ou seja, os alimentos usados no preparo podem requerer uma infraestrutura específica.

2 – Formato 

Com a identidade visual e logotipo criados para sua empresa, não esqueça de manter esses elementos associados ao longo da criação do cardápio. A partir daí você já pode definir o formato e a extensão do cardápio e se ele será em uma única página ou divido em categorias.  Recomenda-se que não haja mais que seis páginas, dessa maneira ele não ficará confuso e cansativo para o cliente. Mas, claro, essa recomendação pode ser adaptada de acordo com o perfil do seu negócio. 

3 – Imagens ou ilustrações

O cardápio atrativo deve contar imagens em alta resolução, pois será através da foto que o cliente terá o primeiro contato visual com o prato, além disso, é importante que a foto seja fiel ao que realmente será servido. Exatamente por essas questões que muitos proprietários resolvem contratar um profissional para fazer o registro dos pratos.

4 – Equipe e cardápios alinhados

É importante que toda a equipe de atendimento conheça bem o cardápio, assim como os ingredientes e valores de cada prato. Dessa maneira seu cliente poderá solucionar rapidamente eventuais dúvidas sobre o seu pedido.

5 – Mantenha-o atualizado

Seu restaurante resolveu fazer uma temporada com pratos diferenciados? Esse é o momento de atualizar o cardápio, assim como as imagens. Outra alternativa para esses casos é criar um menu separado para esses “novos pratos”, mesmo que mais simples. Isso, claro, dependendo muito do estilo e objetivo do estabelecimento.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter